Aplicativo permite escolha de destino turístico por menor custo de passagem aérea



Paulo Henrique Pinto, um jovem brasileiro, estava em El Salvador, nação da América Central, contribuindo com o desenvolvimento de projeto de empreendedorismo social. Concluiu sua participação uma semana antes do prazo previsto de duração do trabalho.

Receoso em ficar tempo desnecessário no país com maior índice de violência no mundo sem estar enfrentando situação de conflito com inimigo externo ou guerra civil, e com recursos disponíveis, foi buscar possíveis destinos para viajar o mais rápido possível.

Fez isso a partir dos sites das companhias aéreas, pois precisava conciliar as despesas de custo das passagens e da estadia. Após buscas e mais buscas, sem conseguir encontrar uma solução, remarcou o bilhete de retorno, correu para o aeroporto e voltou para casa.

pesquisa de voos sem considerar destinos

Durante as horas dentro do avião, rememorando seu esforço perdido, teve um insight: os buscadores de passagens tradicionais engessam as possibilidades da pesquisa impondo a exigência do destino. Cortando essa informação, as opções de viagens seriam maiores.

Na sua mente formou-se a ideia de uma nova solução: pesquisar voos sem considerar os destinos, informando apenas local de saída, dia da partida e data de retorno. Ao mesmo tempo, nascia uma dúvida: “Será isso um negócio viável ou apenas um devaneio meu?”

Bom, se outras pessoas, além dele, também passassem pelas mesmas dores, haveria uma boa chance aí. E decidiu: logo após o retorno ao Brasil iria compilar dados, garimpando estudos, levantando estatísticas, pesquisando informações, e assim tomar suas decisões.

para facilitar vida dos viajantes

Chegando à Cidade de Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, onde vive, logo de cara, reencontrou um amigo de longa data, pois conheceram-se ainda na quinta série do Segundo Grau: Hanna Biasutti Chequer — retornado da Europa, onde viveu cinco anos.

Nesse período, completou a graduação e fez um Mestrado em Marketing, além de usar o tempo livre para viajar praticamente por todo o Velho Mundo, aproveitando o excesso de opções em companhias aéreas, tanto as já tradicionais quanto aquelas de baixo custo.

O segredo estava em economizar nas passagens para poder aproveitar mais nos destinos. E, perguntado pelo Paulo como fazia as pesquisas, Hanna descreveu o mesmo processo braçal tentado por ele para se livrar do risco representado por El Salvador rapidamente.

SOLUÇÃO desenhada a partir de perfis dos consumidores

Paulo descobriu outra pessoa ter vivenciado as mesmas dificuldades. Explicou sua ideia para Hanna e este concordou em grau, gênero e número. Mas, como não queriam dar tiros a esmo, partiram para as pesquisas, encontrando diagnósticos interessantíssimos.

Considerando apenas viajantes brasileiros e compras de passagens aéreas, montaram o seguinte perfil:

1 — 83% pesquisam em sites de on line travel agencys — OTA (agências de viagens on line);

2 — 65% pesquisam apenas sites de companhias aéreas;

3 — 57% não têm destino definido ao iniciar buscas;

4 — Desses 57%, a maioria demora, em média, 30 dias para fechar a compra;

5 — 42% compram pelo site da companhia aérea;

6 — 15% compram pelo site de OTAs; e,

7 — 60% já desistiram da compra pela menos uma vez devido às dificuldades de pesquisar.

Inspirados, principalmente, pelo terceiro e último comportamentos, deram partida à montagem da solução. E, desde o início, estruturam o negócio dentro dos moldes de startup, visando colocar um Produto Viável Mínimo — MVP para teste pelo mercado.

Antes de prosseguir, pequeno parêntesis: startup é a empresa iniciante, normalmente de base tecnológica, criando negócio escalável e repetível, sob condições de incerteza. O termo popularizou-se no início dos anos 2000, com o surgimento das “empresas.com”.

mwvow 1

mwvow 1
No ar desde março de 2018, o feedback captado junto a usuários mostra o acerto da decisão tomada pelos quatro empreendedores. Eles criaram uma ferramenta simples como alternativa aos procedimentos trabalhosos, lentos e imprecisos antes disponíveis.

o esforço de quatro empreendedores

Com Hanna Biasutti Chequer assumindo o Marketing, e, Paulo, a Direção Executiva, agregaram dois sócios — Michael Gonçalves, responsabilizando-se pela parte de Tecnologia, e, Ramon Rigoni, cuidando das Finanças —, operacionalizando a Mevow.

O aplicativo pode ser acessado por desktop, tablete ou smartphone. Seu funcionamento é de uma simplicidade sem par. E traduz à perfeição aquele insight do Paulo Henrique Pinto, com o usuário informando apenas local de saída, dia da partida e data de retorno.

Feito isso, basta clicar no botão Buscar Destinos e, em poucos segundos, a plataforma elenca todos os voos oferecidos pelas companhias aéreas a partir do aeroporto indicado, atendendo o período de tempo estabelecido, exibindo do mais barato para o mais caro.

mevow não cobra dos usuários

Além de não ser necessário preencher cadastro, o serviço é gratuito para o viajante. Ao escolher uma opção, o sistema transfere o usuário para o site da companhia aérea. E, lá, ele fecha a compra, sem acréscimo de comissão ou interferência do sistema da Mevow.

A partir dos valores das passagens, fica mais fácil decidir qual viagem fazer. Nesta fase inicial, os resultados cobrem apenas as quatro principais companhias aéreas atuando no Brasil: Avianca, Azul, Gol e Latam. Em breve, serão somados destinos internacionais.

— Não cobramos pelo serviço porque nossa remuneração vem das companhias aéreas. Elas pagam um percentual em cada negócio gerado a partir da indicação do aplicativo. Contribuímos para melhorar a ocupação dos voos — destaca Paulo Henrique Pinto.

Isso acontece devido à classificação dos resultados por ordem crescente de valores. Os primeiros a serem listados são os menos concorridos, com assentos sendo oferecidos a preços promocionais — é melhor quanto maior for a antecedência em relação à viagem.

PROCESSO FACILITADO

— A plataforma em teste é resultado de dois anos de trabalho. O modelo descomplica o planejamento da viagem. O usuário vê resultados em blocos com até 30 destinos de uma vez. Isso facilita o processo de tomada de decisão — esclarece Hanna Biasutti Chequer.

No ar desde março de 2018, o feedback captado junto a usuários mostra o acerto da decisão tomada pelos quatro empreendedores. Eles criaram uma ferramenta simples como alternativa aos procedimentos trabalhosos, lentos e imprecisos antes disponíveis.

— A solução é fundamentada no melhor atendimento possível ao consumidor. Havendo melhorias para auxiliá-lo ainda mais, vamos logo introduzi-las. Descartamos ser apenas mais um player dentro do mercado. Chegamos para inovar — diz Michael Gonçalves.

Mevow integra aceleradora de startups Hub São Paulo

Além da inclusão das operadoras de rotas internacionais, a Mevow não descarta ampliar o portfólio de serviços a serem ofertados. Duas opções já se fazem presentes nos radares da equipe, com boas chances de vingarem em breve: hospedagem e locação de veículos.

— Iniciamos conversas com hotéis, visando ampliação do sistema. Mas, antes de tomar qualquer decisão, seguiremos o comportamento dos nossos clientes. Havendo demanda, estenderemos nossa atuação. Caso contrário, fica como está — esclarece Ramon Rigoni.

Os quatro são unânimes em garantir não estarem em busca de tirar clientes dos atuais portais de venda de viagens, hospedagem, aluguel de carros. O objetivo é trazer mais gente para o segmento, criando condições para mais e mais pessoas poderem viajar.

Excelente atestado de valor para a Mevow foi ter sido selecionada para integrar a Hub São Paulo, uma aceleradora de startups. Nessa condição, está aproveitando a vivência num forte ambiente de inovação para consolidar e melhorar a qualidade da sua solução.

mwvow3

mwvow3
Além da inclusão das operadoras de rotas internacionais, a Mevow não descarta ampliar o portfólio de serviços a serem ofertados. Duas opções já se fazem presentes nos radares da equipe, com boas chances de vingarem em breve: hospedagem e locação de veículos.

 

Este artigo foi produzido por João Zuccaratto, jornalista especializado em Turismo baseado na Cidade de Vitória, a capital do Estado do Espírito Santo, a partir de sua participação na edição 2018 do Salão Sabores, desenvolvido nos dias 10, 11 e 12 de novembro último, no Centro de Convenções da Cidade de Vitória.

Para entrar em contato com o autor, basta clicar aqui.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação. Nós buscamos a revolução na base. Queremos colocar em evidência projetos que mudarão o futuro nos próximos anos e soluções que já estão transformando mercados agora.

Nossa missão é dar destaque para o mercado mais importante da Nova Economia. No entanto, direcionamos nossos holofotes para a parcela dele que não recebe o destaque merecido. Por isso, noticiamos projetos jovens capazes de se adaptar a realidade dos negócios, visando transformar o mundo em que vivemos.

Conosco, uma série de mantenedores acreditam neste ideal. Com eles, nós oferecemos a base e a vitrine necessárias para que jovens empreendedores se tornem conhecidos no mercado independente do estágio de sua startup. Com esse propósito, poderemos tirar grandes projetos do anonimato e, como consequência, mudar o rumo tradicional das coisas.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação.