Pesquise termos e artigos

OCA aumenta espaço, ocupa prédio inteiro e se consolida como um dos principais hubs do país


O principal Hub de inovação de Caxias do Sul, maior cidade da Serra Gaúcha, está de cara nova. Apesar de não ter mudado de endereço, o novo espaço da OCA absorveu todo o prédio onde já era instalada e inaugurou um novo espaço capaz de promover a inovação e tornar a cidade uma referência ainda mais forte no ecossistema de startups.

O espaço já conta com 47 empresas, em diversos espaços e tamanhos, trabalhando ativamente para transformar vidas e tornar o Brasil um país ainda mais digital.

O projeto surgiu depois que o proprietário, Danillo Sciumbata, se mudou para Caxias do Sul há 6 anos. Quando conheceu a cidade pela primeira vez, em 2011, uma das coisas que mais chamou a atenção foi o DNA empreendedor da região. Fazendo parte do meio corporativo em São Paulo e convivendo com grandes empresas, ele desconhecia que a cidade era o segundo principal polo metalmecânico do Brasil e muito menos que era uma região com empresas como Randon, Tramontina, Grendene, Marcopolo e tantas outras expoentes nacionais e multinacionais.

Pesquisando sobre esse histórico regional, outro ponto que chamou a atenção foi a distância do ensino tecnológico. Como engenheiro de computação, o empreendedor chegou a escutar que não era engenheiro porque sua especialização não era mecânica ou mecatrônica.

Sciumbata considerou relevante fazer desse momento uma virada de chave importante para o que chamamos de ecossistema.

"Hoje temos várias faculdades e a universidade com foco no ensino da tecnologia. Enxergamos essas mesmas grandes empresas e tantas outras voltarem suas atenções e recursos para a busca de tecnologia aplicada para o negócio, não apenas para os produtos. Enxergo novos agentes e, principalmente, pessoas interessadas em se conectar com iniciativas além fronteira que podem agregar conhecimento, networking e provocar uma "virada de chave" na forma de pensar", comenta.

Danillo considera a miscigenação das pessoas e a disposição para se abrir para aos riscos da novidade dois pontos cruciais para essa evolução regional que a Serra Gaúcha está vivenciando. Há 6 anos o ambiente era hostil, hoje a novidade é bem-vinda e desejada.

"Enxergo um futuro promissor. Vejo o Rio Grande como um gigante que dormia e agora acordou. Um gigante porque é feito de pessoas de extrema qualidade, gente que faz acontecer e gosta do trabalho duro. Se a disposição por manter o que é bom se juntar ao que pode ser agregado com uma transformação cultural, 2019 será o ano de fazer história por aqui", pontua Sciumbata.

A OCA nasceu com o propósito de ser o grande núcleo de inovação de Caxias do Sul, conectando pessoas com o que há de melhor para o empreendedor. Para tornar isso possível, o foco esteve em criar um local onde todos tenham acesso a conteúdo, estrutura e networking de qualidade.

"A responsabilidade é muito grande. Acreditamos que liderar é inspirar pessoas e isso muitas vezes transcende o simples negócio. É preciso estar disposto a ajudar de verdade, muitas vezes sem receber nada em troca, simplesmente acreditando que uma região mais forte e empreendedora, no final das contas é mais negócio pra todo mundo", continua.

O grande manifesto da OCA é a serendipidade. Todos os espaços do prédio são projetados para que coisas boas aconteçam ao acaso, seja uma conversa no café, um chopp no happy hour ou uma reunião capaz de resultar em um projeto. A proposta surge da visão de prédios como organismos que devem agregar vida para quem vive ali dentro, sem nenhum tipo de discriminação, tornando tudo em uma zona livre de bullshits.

"Acreditamos no empreendedorismo de verdade, aquele que nasce de uma visão de mercado apurada e de uma capacidade única de execução, que gera valor no final da cadeia. O investimento que a OCA está fazendo no Rio Grande poderia estar em qualquer grande centro do Brasil, no entanto, escolhemos levar esse nível de experiência para o empreendedor que vive fora dos grandes eixos, colocar à disposição desse indivíduo a rede de apoio que ele merece para fazer acontecer. Essa é a nossa contribuição", ressalta Sciumbata, que em 2019 inaugurará nova sede da OCA em Porto Alegre.

oca 2

oca 2


"Começamos com um sonho, eu diria até uma loucura. Hoje chegamos no patamar que sempre quisemos, entregamos espaços conectados com o que há de melhor em infraestrutura para que as empresas e o empreendedor não se preocupem com nada, apenas com o seus negócios. Acreditamos que o design importa e deve servir a um propósito, não construímos para o trabalho mas sim para as pessoas que executam o trabalho. Acreditamos que essa equação interfere diretamente no coeficiente de produtividade das pessoas e empresas. Somos uma comunidade. O samba enredo de 2019 já está pronto, "OH, ABRE ALAS QUE CAXIAS VAI PASSAR"!", conclui em bom humor.

Para conhecer melhor a estrutura da OCA Brasil Innovative Hub basta clicar aqui.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação. Nós buscamos a revolução na base. Queremos colocar em evidência projetos que mudarão o futuro nos próximos anos e soluções que já estão transformando mercados agora.

Nossa missão é dar destaque para o mercado mais importante da Nova Economia. No entanto, direcionamos nossos holofotes para a parcela dele que não recebe o destaque merecido. Por isso, noticiamos projetos jovens capazes de se adaptar a realidade dos negócios, visando transformar o mundo em que vivemos.

Conosco, uma série de mantenedores acreditam neste ideal. Com eles, nós oferecemos a base e a vitrine necessárias para que jovens empreendedores se tornem conhecidos no mercado independente do estágio de sua startup. Com esse propósito, poderemos tirar grandes projetos do anonimato e, como consequência, mudar o rumo tradicional das coisas.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação.