SL Docs apresenta Superplayer

O último epsódio da primeira temporada da websérie SL Docs conta a trajetória da  Superplayer. O episódio está disponível no canal do Silva | Lopes Advogados no Youtube.

Criada em 2011 em Porto Alegre pelo engenheiro mecânico Gustavo Goldschmidt com dois de seus irmãos, a Superplayer acompanhou a transformação do modo de consumir a música e também se reinventou.

A ideia inicial surgiu a partir de uma percepção de Cássio Goldschmidt, enquanto ele estava no Vale do Silício. Segundo o CEO e cofundador da startup, Gustavo, o irmão fez um site no qual era possível ouvir as músicas online. O objetivo era criar um repositório de músicas, e vender o espaço. Porém, com os lançamentos de serviços de nuvem das empresas gigantes da internet, o projeto dos irmãos de Porto Alegre precisou de um novo rumo.

Atentos às tendências mundiais, os irmãos Goldschmidt viram na curadoria musical o novo caminho no qual iriam percorrer. Os irmãos perceberam que, embora grandes players internacionais oferecessem milhões de músicas em seus catálogos, as pessoas não sabiam o que ouvir e ficavam perdidas sem conseguir sair da bolha de conteúdo que já conheciam. Então, a nova proposta da Superplayer era desenvolver um modelo que pemitisse a descoberta de outras canções e a facilita-se, sem que o usuário precisasse saber o nome dos artistas. De acordo com o CEO, o modelo também deveria facilitar “essa migração do rádio, onde tu aperta um botão e a música começa a tocar – é a interface mais simples do mundo – para o streaming, que é um modelo mais complexo: tem que escolher, tem que pensar e programar”. E completa: “Então a gente criou a Superplayer nesta versão: um monte de playlist por momento: para acordar, para trabalhar, etc”.

O modelo lançado em primeiro de abril de 2013, não só deu certo como também começou a crescer e escalonar rápido. “As pessoas começaram a adotar muito rápido e achavam engraçado os nomes das listas. A interface era bonita e moderna. Os caras curtiam a qualidade da curatoria”, relembra Gustavo. Em um mês, a startup alcançou a marca de 100 mil usuários. No mês seguinte, foram registrados 250 mil.

O crescimento chamou a atenção da Movile, dona do iFood, que investiu na startup. Com o aporte, a Superplayer chegou a marca de um milhão de usuários ativos. Entre 2014 e 2015, com a forte concorrência de outros players internacionais desembarcando no Brasil, a empresa viu novamente a necessidade de se transformar.

Nesta nova etapa da Superplayer, ela passou a atuar também na área de mensageria e na criação de bots. A novidade fez com que astartup fosse selecionada para o programa de aceleração da Google, o Launchpad Accelerator.

O trabalho desenvolvido pela Superplayer começou a despertar o interesse de marcas para projetos de curadoria. “Cada projeto tem uma proposta de valor e a gente pensa junto com o cliente, acho que esse é um valor que a gente agrega. A gente não é só uma plataforma”, comenta o CEO. A startup pensa na estratégia, avalia qual conteúdo faz sentido e modelo de negócio, analisa qual precificação ideal. E então, desenvolve a plataforma, licencia o conteúdo e faz a curadoria.

Com esse novo modelo de negócio, a Superplayer se transformou em Superplayer Co. “É essa casa de vários aplicativos, de várias soluções”, explica Gustavo. Atualmente, somando todos os aplicativos, a empresa registra quase cinco milhões de downloads e impacta dois milhões de pessoas por mês.

Transformação – A Superplayer é vista no mercado como uma empresa que sabe se transformar e continuar crescendo. Esta característica é fruto da experiência obtida ao longo da trajetória da startup. “Por mais que a gente tenha hoje um roadmap claro do que a gente vai fazer e a gente esteja indo super bem neste caminho, eu aprendi que tenho que ter um plano paralelo na empresa sempre rodando de como eu me transformo em uma empresa em constante movimento”, completa Gustavo.

SL DOCS– Com episódios disponibilizados mensalmente, a série SL DOCS, do Silva | Lopes Advogados, mostrou startups de destaque nacional e internacional e exalta o quão rico é o ecossistema.

SuperPlayer&Co - SL DOCS - S01E10

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação. Nós buscamos a revolução na base. Queremos colocar em evidência projetos que mudarão o futuro nos próximos anos e soluções que já estão transformando mercados agora.

Nossa missão é dar destaque para o mercado mais importante da Nova Economia. No entanto, direcionamos nossos holofotes para a parcela dele que não recebe o destaque merecido. Por isso, noticiamos projetos jovens capazes de se adaptar a realidade dos negócios, visando transformar o mundo em que vivemos.

Conosco, uma série de mantenedores acreditam neste ideal. Com eles, nós oferecemos a base e a vitrine necessárias para que jovens empreendedores se tornem conhecidos no mercado independente do estágio de sua startup. Com esse propósito, poderemos tirar grandes projetos do anonimato e, como consequência, mudar o rumo tradicional das coisas.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação.