Pesquise termos e artigos

Validação de startups: o que é? Como fazer?


O termo validação é um dos mais comuns quando tratamos do ecossistema de inovação. Em conversas de bar, rodas de empreendedores, eventos como a Gramado Summit ou artigos em jornais e internet, a temática é sempre direcionada para essa fase de uma empresa. Mas, o que ela verdadeiramente é? Com esse artigo, nosso objetivo é te fazer entender de uma forma muito simples o significado do termo e o porquê de ele fundamental para o crescimento do seu negócio.

A validação é a etapa crucial para que você descubra se o produto ou modelo de negócio realmente funciona. Passar por esse processo é fundamental antes de partir para a ação, evitando que se invista dinheiro e trabalho para lançar um produto que pode não ser bem aceito pelo mercado, seja pela qualidade ou a demanda dos consumidores.

Steve Blank - empreendedor em série do Vale do Silício - fala da ferramenta Construir-Medir-Aprender, do método Lean Startup (desenvolvido por ele). O objetivo do método é solidificar e identificar problemas de ideia, gerando transformações na mesma. No entanto, esse é o primeiro passo.

É preciso ter em mente que a validação de uma ideia não é simples, mas estar em contato com o público-alvo, ouvindo suas demandas e feedbacks é fundamental para traçar um futuro mais assertivo para o seu negócio. Isso vale para aspecto como preço, experiência do cliente, estratégia de marketing e todas as características que compõem o produto, seja para sua entrega, produção ou funcionalidade.

Assim, duas estratégias podem te ajudar nesse processo: a realização de um MVP ou o uso dos campos do Canvas.

MVP (Minimum Viable Product)

A sigla MVP significa Produto Minimamente Viável, ou seja,  é um conjunto de testes primários feitos justamente para validar o negócio. Nele, são realizados diversos testes, levando o produto ainda em desenvolvimento (apenas com as funcionalidades fundamentais do mesmo) a um grupo geralmente pequeno de clientes. Com ele, se pode validar na prática a reação do mercado e a compreensão do cliente sobre seu produto, identificando se ele realmente soluciona o problema do consumidor ou não.

Durante essa fase de testes, é importante que o MVP realizado para encontrar o cliente seja diferente do MVP que você precisa para testar se o preço, o design e as demais características do mercado do produto são adequados. O ideal é repetir o processo diversas vezes com focos diferentes. Ao longo da realização deles, é importante se ter em mente que o produto testado não é o mesmo a ser entregue ao mercado depois, já que ele provavelmente precisará de reparos ou acabamentos.

O processo de testes realizados com a aplicação do MVP deve queimar o mínimo de recursos possível, também. Ou seja, você deve economizar ao máximos nestes testes. Se o seu negócio for digital, a validação pode ser feita com uma landing page, por exemplo. Se ele for em um outro caminho, apresentando - por exemplo - um novo sabor de sorvete para o verão, é importante que você ofereça a novidade para alguns consumidores que poderão experimentar e dar feedbacks (positivos e negativos) sobre o mesmo.

Canvas

O processo de validação é fundamental e precisa ser muito bem pensado, visando usar o mínimo de recursos possível e alcançar um resultado que transmita segurança na hora de levar o produto ao mercado.

Para te preparar melhor para esses teste, uma boa altertiva é dar atenção para as questões abaixo:

Proposta de valor: quais benefícios do produto/serviço que a sua empresa oferece?

Segmentação de clientes: quem serão seus usuários e clientes pagantes?

Quais canais de distribuição para alcançar clientes e oferecer-lhes sua proposta de valor você usará?

Como pretende se relacionar com clientes para criar demanda?

Quais as fontes de receita geradas pelas prospostas de valor?

Quais são as atividades necessárias para implementar o modelo de negócio?

Quais são os recursos importantes para as atividades?

Quais são as parcerias fundamentais para as atividades?

Qual será a estrutura de custos resultante do modelo?

Depois de dar atenção a essas questões, o processo fica mais fácil. Enquanto empreendedor, é importante que você entenda exatamente em qual mercado está se inserindo e como pode, verdadeiramente, competir com ele e conquistar uma grande parcela dos clientes. Teste, teste de novo e então outra vez. Esse processo é um dos mais importantes na hora de lançar um novo negócio.

Espero que este simples artigo tenha te ajudado.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação. Nós buscamos a revolução na base. Queremos colocar em evidência projetos que mudarão o futuro nos próximos anos e soluções que já estão transformando mercados agora.

Nossa missão é dar destaque para o mercado mais importante da Nova Economia. No entanto, direcionamos nossos holofotes para a parcela dele que não recebe o destaque merecido. Por isso, noticiamos projetos jovens capazes de se adaptar a realidade dos negócios, visando transformar o mundo em que vivemos.

Conosco, uma série de mantenedores acreditam neste ideal. Com eles, nós oferecemos a base e a vitrine necessárias para que jovens empreendedores se tornem conhecidos no mercado independente do estágio de sua startup. Com esse propósito, poderemos tirar grandes projetos do anonimato e, como consequência, mudar o rumo tradicional das coisas.

O StartZero é um manifesto em favor do empreendedorismo de inovação.